quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

# Um amor impossível...

Hoje decidi refletir!
Todas as nossas conversas lógicas e sentimentais, sempre nos transmitiram algo...
Só nós nos conhecemos, só nós sabemos como somos importantes um para o outro.
A nossa amizade que foi crescendo rapidamente, assim como o tempo foi passando... agora ficam as memórias de conversas passadas!
Criámos uma ligação muito forte entre ambos, uma amizade para a vida.  Somos o pilar um do outro.
Abri uma porta ao teu coração com a mensagem tão especial que o teu pai reservou só para ti!
Sinto-me feliz por ter-te conseguido ajudar a falar, a rir e acima de tudo RECORDAR o teu pai! Um ser muito especial para ti!
Mas ao mesmo tempo sinto-me... (nem sei bem como para ser sincero).
Temos um sentimento tão forte, que foi criado pelo mundo virtual e que até agora ainda não passou de lá... um sentimento que de momento se transformou num amor impossível!
Um sentimento vivenciado por mim e por ti!
E agora? O que fazemos?
Não podemos escolher a nossa família, de quem queremos ter realmente ao nosso lado para o resto da nossa vida!
Mas, um coisa eu pôde escolher! A tua AMIZADE VERDADEIRA que surgiu no dia em que te conheci e que tem crescido a passos largos.
Uma amizade que espero que dure e dure por muitos e muitos anos.
Porque de nada me adianta forçar o universo...
O destino está nas nossas mãos?
Talvez sim! Mas o universo, tem mais força que o destino que nós tentamos traçar da forma que nos melhor convém!
E agora respondendo a uma pergunta que me fizeste à uns meses atrás...

" - E eu? Tenho um cantinho só meu no teu coração?

- Sempre tiveste AMIGO, sempre tiveste!" 


Sem comentários:

Enviar um comentário