quinta-feira, 27 de março de 2014

# Aprendizagem

Aprendi que todos os dias da minha vida, há algo novo para aprender.
Sem dúvida que a vida é uma aprendizagem constante!
Aprendi também que a vida não é um mar de rosas.
Mas também sei que podemos aprender a nadar entre os espinhos!
Aprendi que há pessoas que por algum motivo não merecem um cantinho só seu no meu coração.
É doloroso quando descobrimos que há pessoas egoístas e orgulhosas, que nos desiludem, enfim... pessoas que são capazes de tudo para nos magoarem!
A vida é feita de escolhas...
Uns escolhem viver na mentira e na ilusão.
Outros escolhem a felicidade.
Eu? 
Acima de tudo, escolho SER FELIZ! 


segunda-feira, 24 de março de 2014

# Uma conversa na paragem de autocarro

Este pequeno texto que vou hoje aqui partilhar, foi de um episódio que já me aconteceu há algum tempo atrás. 
Aconteceu no dia 31de Janeiro de 2013 enquanto eu esperava pelo autocarro para ir para casa, como fazia todos os dias...

Um miúdo hoje perguntou-me:
- Onde está a tua mãe?
Eu ri-me...
Nisto ele pergunta:
- E o teu pai?
Eu respondi:
- Está em casa.
E ele pergunta de novo:
- Mas e a tua mãe?
Eu respondi:
- A minha mãe já morreu.
Ele um bocado desiludido pergunta:
- Mas porquê?
Nisto lancei um suspiro e respondi:
- Porque a vida é mesmo assim!

sábado, 22 de março de 2014

# Aprende a dizer não

"Aprende a dizer “não” – Conhece os teus limites e tenta cumpri-los. Seja na tua vida pessoal ou profissional, recusa-te a aceitar responsabilidades adicionais antes de te comprometeres com elas. Aceitar mais responsabilidades do que tu consegues ou estás preparado é uma receita infalível para o stress."






sexta-feira, 21 de março de 2014

# Sê tu, sê feliz

Que ninguém diga que está bem, pois nunca saberemos como será o dia de amanhã, o logo...
Somente nos podemos concentrar no hoje, no agora... Pois é o que nos realmente importa!
Tenho passado por muito na vida, assim como todos nós, uma vez que seja temos algo a contar ao resto do mundo... A nossa história.
História essa, que é diferente de pessoa para pessoa, mas sempre com os mesmos sentimentos: físicos e emocionais...
Tristeza, cansaço, dor, desilusão, perda, amor, saudade, alegria, rio, choro...
Pode parecer estranho, pois não te conheço à muito tempo, mas aquilo que me tens transmitido tem sido muito bom!
Partilhámos as nossas histórias, rimos, brincamos...
Aconselhei-te com base nas minhas experiências já vividas. 
Errar é humano, errar é fundamental, pois é como os nossos erros, e com os erros dos outros que crescemos, que encaramos a vida e os obstáculos a que somos constantemente postos à prova que aprendemos a dar a volta por cima.
Acredita!
Todas as pedras que a sociedade te atira, guarda-as e agradece-as uma a uma, pois é com elas que irás construir  um muro! 
E será esse mesmo muro, que te irá tornar uma pessoa muito mais forte! 
Irás conseguir lidar com os problemas, de uma forma mais fácil.
Só tenho mais uma coisa a dizer-te...
Aconteça o que acontecer, tens aqui um amigo, pronto a ajudar!
Pois não foi por acaso que entraste na minha vida!
E mais... não deixes o teu ego controlar o teu "EU" interior!
Isso só irá trazer-te problemas atrás de problemas e sem soluções à vista! 
Por isso...
Sê feliz!


# A mensagem

No outro dia, estava eu em casa, explorando o meu vazio interior quando o silêncio se quebrou com uma mensagem no meu telemóvel.
Era da minha irmã mais velha e dizia o seguinte:

"As melhores palavras que podemos dizer a alguém ESPECIAL são pensadas no silêncio, ditas pelo CORAÇÃO e fazem brilhar o olhar de quem as escuta. Por isso não se diz a quem nos lembramos mas sim a quem nunca ESQUECEMOS..."

Uma simples mensagem escrita mas com um grande sentimento no interior.








                                                                          

quinta-feira, 20 de março de 2014

#‎ O‬ dentro e o fora

"Só há duas maneiras de viver. Conectado ou desconectado. Conectado, em ligação profunda com quem se é, com o que se veio aqui fazer, com as mais diversas maneiras de se exteriorizar o Ser. Porque para se exteriorizar o Ser, antes tem de se Ser. E para Ser, tem que se interiorizar tudo.O que se sente, o que dói, o que nos faz felizes e infelizes, onde está a nossa liberdade e consciência, o que nos maltrata, o que nos faz mal, e também o que nos faz bem e o que nos eleva. Como vês, tudo se passa dentro. Tudo o que fazes é uma consequência do teu estado interior.Se o que fazes não dá certo, se as tuas acções não resultam, é porque não reflectem o teu mundo interior. No mínimo reflectem um mundo interior evasivo, desconcertante e desconexo. Por isso as acções não dão certo – são materializações da nossa inconsistência.Neste caso, o que terás de fazer é olhar para dentro e ver do que estás a fugir. Encarar esses demónios, deixar doer o que tiver de doer, e depois de tudo limpo, aceder à tua alma, à tua essência. Só aí, então, agir. As acções promovidas pela alma são sempre e sem excepção correctas, iluminadas e gratificantes. Essa é a única via da evolução.Há outra maneira de viver: a desconectada. A pessoa não sabe quem é, foge do que sente, refugia-se em bens materiais para enganar a dor. E o resultado é a perda, a dor, a frustração e a doença. A escolha é sempre vossa."                                            
                                                                    # Excerto do livro de Alexandra Solnado, O livro da Luz

sábado, 1 de março de 2014

# Novo desafio

Um novo desafio na minha vida acaba de começar...
Após ter passado praticamente todo o meu mês de Fevereiro em Portugal, chegou a hora de fazer as malas e partir para junto da minha verdadeira família.
O que procuro com a minha partida?
Paz, carinho, repouso...
Mas acima de tudo aprendizagem!
Crescer mais do que já cresci até hoje. 
Passar por novas experiências para mais tarde ajudar quem precisa. Não dando conselhos mas sim, ao ajudar com base nas experiências vividas.
Todos os dias, são bons dias para aprender... 
Ninguém pode afirmar que já não tem idade para tal ou que já aprendeu tudo o que havia para aprender.
Não! Todos os dias aprendemos algo novo, por mais simples que seja.
Para aprender algo novo, não necessitamos obrigatoriamente de palavras. Um simples gesto é mais do que suficiente para tal.

"Por vezes, as palavras não são o veículo de comunicação mais eficaz."